Fettuccine fresco de castanhas . Homemade chestnut fettuccine

Fettuccine de castanhas (massa caseira) . Chestnut fettuccine (homemade pasta)

No outono, e nesta receita, a castanha é rainha. Na serra onde o meu pai cresceu havia castanheiros. Lembro-me de ver os ouriços abertos, caídos no chão, e as castanhas a espreitarem lá dentro. Em tempos comida de pobres, de quem tem que aproveitar para sustento o que cai maduro das árvores, este ano vi-as chegar cedo aos supermercados armadas em camarões, a tentar quem não consegue esperar pelo tempo próprio de cada coisa. Mas o outono vai fazendo o seu caminho e as castanhas assumem o papel de rainhas da estação. Na esquina onde até há pouco morava o vendedor de morangos e ameixas, apareceu um dia destes o das castanhas, quentes e boas, a estalar cinzentas na brasa. Do seu carrinho elevam-se o fumo e aroma que aquecem a tarde fria. Apregoa que vende castanhas assadas. Eu acho que vende felicidade, à dúzia, embrulhada num cartucho de papel.

Nesta receita, as castanhas entram sob duas formas: em farinha, na preparação da massa, e inteiras, cozidas, no molho. Não se deixem intimidar pela tarefa de fazer massa fresca, vão ver que não é complicado e, como em tudo, a prática faz a perfeição. No site Serious Eat encontram um bom tutorial. Talvez não seja algo prático para o jantar de quarta-feira, depois de um dia intenso de trabalho e uma hora parados no trânsito, mas é um trabalho de amor, que vai transformar um prato simples numa refeição especial para a vossa família e amigos, um bom projecto para um fim-de-semana de outono.

Fettuccine de castanhas (massa caseira) . Chestnut fettuccine (homemade pasta)

In autumn, and in this recipe, chestnut is queen. In the mountains where my father grew there were chestnut trees. I remember seeing the burrs open, lying on the ground, and chestnuts lurking inside. Once a food for the poor, for those who had to make a living from what fell ripe from the trees, this year I saw them arrive early to supermarkets as pricey as prawns, tempting those who can not wait for the proper time of things. But autumn is making its way and chestnuts assume the role of season queens. On the corner where until recently was the strawberries and plums seller, appeared one day the chestnuts man. From its trolley rises smoke and aroma that warm the cold afternoon. Touts selling roasted chestnuts. I think he sells happiness, by the dozen, wrapped in a paper cartridge.

In this recipe, chestnuts come in two forms: as flour, for the pasta preparation, and whole, boiled, for the sauce. Do not be intimidated by the task of making fresh pasta, you'll see that it's not that complicated and, as always, practice makes perfection. You'll find a good tutorial at Serious Eat website. It may not be something practical for Wednesday's dinner, after an intense day of work and an hour stuck in traffic, but it's a labor of love that will transform a simple dish into a special meal for your family and friends, a good project for an autumn weekend.

Fettuccine de castanhas (massa caseira) . Chestnut fettuccine (homemade pasta)
Fettuccine de castanhas (massa caseira) . Chestnut fettuccine (homemade pasta)


Fettuccine fresco de castanhas
Serve 4

Ingredientes:

Para a massa
150g farinha de castanhas
300g farinha de trigo T65, mais um pouco para polvilhar
5 ovos grandes

Para o molho
2-3 chávenas de castanhas
150g bacon, em cubos
3 colheres de sopa de manteiga
300g cogumelos castanhos (crimini)
200ml natas de culinária
Queijo parmesão a gosto, ralado na hora
Orégãos frescos
Sal e pimenta moída na hora, a gosto


Preparação:

Para fazer a massa, combinar as farinhas na superfície de trabalho, numa pilha, e fazer um buraco no centro, deitando aí os ovos batidos. Com um garfo, começar gradualmente a empurrar a farinha para o ovo. Continuar até obter uma massa húmida e pegajosa, mas que se mantém unida. Com as mãos, juntar toda a farinha restante e, assim que a esteja firme e seca, amassar durante cerca de 10 minutos. Embrulhar em película aderente e deixe descansar 30 a 60 minutos.

Cozinhem as castanhas enquanto a massa descansa. Com uma faca afiada, fazer um golpe na casca, do lado arredondado. Colocar as castanhas numa panela com água fria e uma colher de chá de sal, tapar, deixar começar a ferver, baixar o lume e cozer durante 10 a 12 minutos. Escorrer a água e deixar arrefecer um pouco, retirando a casca e a pele interior enquanto ainda estiverem quentes. Cortar em fatias e reservar.

Estender a massa até que ela tenha uma espessura de cerca de 2 mm, usando um rolo de cozinha ou a máquina de massa fresca. Colocar as folhas de massa sobre papel vegetal polvilhado com farinha, polvilhando com farinha também entre cada folha, e cobrir com um pano de cozinha ou película aderente. Após 20 minutos, cortar o fettuccine (podem usar a máquina de massa fresca, se tiver esse cortador, ou enrolar as folhas de massa e cortar em fatias de 5mm com uma faca afiada).

Colocar uma panela grande ao lume, com bastante água e sal, e deixar começar a ferver.

Fritar os cubos de bacon numa frigideira ampla, em lume forte, até que estejam bem dourados. Adicionar a manteiga e as castanhas e fritar até que estas fiquem estaladiças e douradas. Cortar os cogumelos ao meio ou em quartos e juntá-los às castanhas, mexendo ocasionalmente. Quando os cogumelos começarem a ficar dourados, cozer a massa na água a ferver. Leva apenas 2 minutos para ser ficar al dente.

Juntar as natas aos cogumelos e temperar com sal e pimenta moída na hora. Escorrer a massa, misturar com o molho e envolver bem. Se for necessário, juntar colheres da água de cozer a massa para deixar o molho mais cremoso. Servir com o queijo parmesão ralado na hora e orégãos frescos.



Homemade chestnut fettuccine
Serves 4

Ingredients:


For the pasta
150g chestnut flour
300g all-purpose flour, plus a little extra for rolling
5 large eggs

For the sauce
2-3 cups chestnuts
150g bacon, diced
3 tbsp butter
300g chestnut mushrooms
200ml single cream
Parmesan, freshly grated
Fresh oreganno
Salt and freshly ground pepper to taste


Method:

To make the pasta, combine both flours on the working surface, in a pile, making a hole in the center where you pour the beaten eggs. Using a fork, gradually start pushing the flour into the egg. Continue until you get a wet, sticky, but holding together, dough. With your hands fold the remaining flour until the dough feels firm and dry, then knead for approximately 10 minutes. Wrap in cling film and let it rest for 30 to 60 minutes. 

Cook the chestnuts while the dough rests. Using a sharp knive, cut halfway around the outer shell, on the round side. Place chestnuts into a pan of cold water with a teaspoon of salt, cover, bring to the the boil and simmer for 10-12 minutes. Drain, let them cool slightly and remove the shell and the peel inside while still warm. Cut into slices and reserve.

Roll the dough out until it is about 2mm thick, using a rolling pin or pasta machine. Lay the pasta sheets on parchment paper dusted with flour, dusting with flour also between each sheet, and cover with a kitchen towel or cling film. After 20 minutes, cut the fettuccine (you can use the pasta machine, if fit with the respective cutter, or roll the pasta sheets and cut into 5mm slices with a sharp knife). 

Bring a large pan of salted water to the boil. 

Fry the bacon dices in a wide pan over a high heat until well browned. Add the butter and chestnuts and fry until the nuts are crispy and browned. Halve or quarter the mushrooms and add them to the chestnuts, stirring occasionally. As the mushrooms start to brown, start cooking the pasta in the boiling water. It will take just 2 minutes to be al dente.

Add the cream to the mushrooms pan and season with salt and freshly ground pepper. Drain the pasta, stir it into the sauce and combine well. If necessary, add some spoons of the pasta cooking water to make a smooth sauce. Serve with the freshly grated parmesan and fresh oreganno.

Comments

  1. Nunca comi e nunca me passou pela cabeça mas adoro a ideia! Beijinhos

    ReplyDelete
  2. Que receita maravilhosa! Nunca me aventurei a fazer massa de raiz, mas imagino que seja muito melhor do que comprada. Adorei a sugestão!
    Beijinhos

    ReplyDelete
  3. Adorei a sugestão :P Adoro massas frescas... são verdadeiramente deliciosas!
    Esta tem um aspecto divinal!

    Nunca comi e não sabia que tal era possível, mas agora que conheço... vou experimentar!!

    http://deaprendizachef.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  4. Eu gosto muito de fazer pasta fresca, tenho a máquina de esticar e uso-a com alguma frequência. Mas com farinha de castanha nunca fiz. Achei super original e delicioso. Concordo que é um excelente projeto de fim de semana, algo para fazer com amor e dedicação, é isso mesmo! Gostava de saber onde compras a farinha de castanha (Celeiro? ...).
    Beijinho. Susana
    http://paparocadeliciosa.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Susana, obrigada pela visita e pelo comentário. Sim, eu comprei a farinha de castanha no Celeiro. Beijinhos

      Delete
  5. Paula,
    Cada vez gosto mais de visitar este cantinho. Ideias e sugestões originais, diferentes e repletas de sabor acompanhadas de fotografias inspiradoras e palavras que encaixam na perfeição.
    Costumo fazer massa fresca e adoro! A sua textura e leveza apaixonam-me. Mas nunca experimentei com farinha de castanhas.Só comprei uma vez farinha de castanha que usei numas bolachas e num bolo simples. Irei certamente para uma próxima ida ao Celeiro comprar e experimentar esta maravilha.

    Beijinho
    Ana

    ReplyDelete
  6. Nunca provei nem nunca imaginei uma massa de castanhas, mas acho uma ideia fantástica
    Beijinho

    ReplyDelete
  7. Que grande aventura, fazer a massa de raiz :)
    Ficou com um aspeto delicioso, bastante apetecível ;)
    Bjinhos
    Margarida

    ReplyDelete
  8. Adoro massa caseira!
    Bela ideia de juntar a castanha à farinha e depois usá-la no molho.
    Tenho de experimentar.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ReplyDelete

Post a Comment