Crepes de alfarroba, presunto e rúcula com salada de melancia e queijo de cabra . Carob, ham and rocket crepes with watermelon and goat cheese salad

Crepes de alfarroba, presunto e rúcula com salada de melancia e queijo de cabra. Carob, ham and rocket crepes with watermelon and goat cheese salad

Esta é uma refeição ideal para os dias de calor, fresca e rápida de fazer mas nem por isso menos saborosa. Vuelvo al sur, ouço cantar enquanto escrevo. É isso que me está a fazer falta, ir para sul. Durante alguns dias, tirar o relógio, andar mais tempo descalça, deixar o cabelo secar ao ar. Faz-me falta sair com os cães logo cedo pela manhã e sentir o cheiro da relva molhada, ouvir o barulho estridente das gaivotas, comer sardinhas numa tasca na lota, perder os olhos na linha do horizonte que separa o céu do mar. Estes crepes fazem-me lembrar as férias e o meu sul.

Se há ingredientes que nos fazem logo lembrar do Algarve, um deles é sem dúvida a alfarroba. A alfarrobeira é uma árvore presente na orla mediterrânica, Norte de África e Médio Oriente. O seu fruto, a alfarroba, é naturalmente doce e, depois de muito tempo em que era essencialmente utilizada para alimentação animal, tem vindo ultimamente a tornar-se mesmo uma alternativa ao chocolate na indústria alimentar (embora nada possa substituir realmente o chocolate, pois não?).

Da última vez que estive em Lagos, comprei farinha de alfarroba no mercado e desde essa altura que andava para a usar, sem saber bem no quê, talvez num bolo ou pão. No fim-de-semana passado pensei em fazer crepes para o meu almoço e lembrei-me do saco da farinha de alfarroba que ainda estava na despensa, por abrir. Comecei por experimentar a receita do costume, substituindo integralmente a farinha de trigo pela de alfarroba, o que se revelou uma péssima ideia. A massa não ficou suficientemente elástica e não consegui virar os crepes na frigideira. Na segunda experiência, combinei a farinha de alfarroba com farinha de trigo e os crepes ficaram bons. Apesar da menor proporção da farinha de alfarroba, o seu sabor e cor ficaram claramente presentes.

Como estava à procura de um almoço simples, limitei-me a rechear os crepes com presunto e rúcula. O sabor salgado do primeiro e o travo ligeiramente picante da segunda casam bem com o sabor mais doce desta farinha. Para acompanhar fiz uma salada muito fresca de melancia e queijo de cabra curado e temperado com azeite e ervas. Aproveitei para experimentar o queijo "Palhais Entradas & Saladas com alho e ervas", que achei muito saboroso e prático de usar.

Eu já vi farinha de alfarroba à venda na secção de produtos naturais do hipermercado, pelo que não têm que ir a correr para o Algarve só para comprar 1 kg de farinha de alfarroba, se quiserem experimentar estes crepes. Desejo a todos uma boa semana de férias ou de trabalho, consoante o caso.

Crepes de alfarroba, presunto e rúcula com salada de melancia e queijo de cabra. Carob, ham and rocket crepes with watermelon and goat cheese salad

Crepes de alfarroba, presunto e rúcula com salada de melancia e queijo de cabra. Carob, ham and rocket crepes with watermelon and goat cheese salad

This meal is great for hot days, fresh and quick to make but no less tasty. Vuelvo al sur, I hear sing while I write. That's what I need, to go south. For some days, take off the watch, walk barefoot more often, leave my hair to dry in open air. I miss going out with my dogs early in the morning and smell the wet grass, hearing the shrill sound of seagulls, eating sardines in a tavern at the fish market, losing my eyes on the horizon line that separates the sky from the sea. These crepes make me remember holidays and my south.

If there are ingredients that make us immediately remember the Algarve, the region in the south of Portugal, one of them is undoubtedly carob. The carob tree is present on the Mediterranean coast, North Africa and the Middle East. Its fruit, the carob, is naturally sweet and, after a long time when it was mainly used for animal feed, has lately become even an alternative to chocolate in the food industry (although nothing can really replace chocolate, isn't it?).

Last time I was in the city of Lagos, in Algarve region, I bought carob flour, or powder, in the market and since then I had the intention of using it, without knowing precisely for what, maybe a cake or bread. Last weekend I thought of making crepes for my lunch and remembered the carob flour package that was still in the pantry, unopened. I began by trying with the usual recipe, fully replacing wheat flour by carob flour, but this proved to be a bad idea. The batter wasn't elastic enough and I couldn't turn the crepes in the pan. In my second experiment, I combined carob flour with wheat flour and the crepes turned out pretty good. Despite the smaller proportion of the carob flour, its flavor and color are clearly present.

Since I was looking for a simple lunch, I just filled the crepes with dry cured ham and arugula. The salty taste of the first and slightly spicy tang of the second marry well with the sweeter taste of this flour. As a side dish, I made a very fresh salad of watermelon with cured goat cheese seasoned with olive oil and herbs.

If you want to try these, I think you might find carob flour in health-food stores. I wish you all a good holiday or working week, depending on the case.

Crepes de alfarroba, presunto e rúcula com salada de melancia e queijo de cabra. Carob, ham and rocket crepes with watermelon and goat cheese salad

Crepes de alfarroba, presunto e rúcula com salada de melancia e queijo de cabra
Faz 4 crepes

Ingredientes:
150 g presunto, em fatias finas
125 g de queijo de cabra curado, cortado em cubos e temperado com azeite e orégãos ou ervas da Provença (usei 1 embalagem de "Palhais Entradas & Saladas com alho e ervas")
Rúcula
Fatias  de melancia

Para os crepes
1 ovo
2 colheres de sopa de farinha de alfarroba
8 colheres de sopa de farinha de trigo
3 dl de leite
Pitada de sal
Manteiga ou óleo vegetal para untar a frigideira

Preparação:
Começar por preparar os crepes. Bater bem o ovo com o leite, as farinhas e uma pitada de sal. Reservar no frigorífico durante 30 minutos a 1 hora.

Aquecer uma frigideira com cerca de 22 cm em lume médio. Untar com um pouco de manteiga ou óleo. Deitar uma concha pequena de massa no centro da frigideira e rodar para espalhar. Deixar cozinhar durante 2 a 3 minutos. Virar o crepe com a ajuda de uma espátula e cozinhar por mais 1 minuto. Retirar para um prato e repetir com a restante massa, untando a frigideira sempre que necessário (normalmente, faço-o a cada 2 crepes).

Distribuir as fatias de presunto pelos crepes e colocar as folhas de rúcula por cima. Dobrar o crepe ao meio e, depois, de novo ao meio, para formar triângulos.

Servir acompanhados por fatias de melancia e queijo de cabra curado temperado com azeite e orégãos ou ervas da Provença.



Carob, ham and arugula crepes with watermelon and goat cheese salad
Makes 4 crepes

Ingredients:
150 g dry cured ham, thinly sliced
125 g cured goat cheese, cut into cubes and seasoned with olive oil and oregano or herbes de Provence
Arugula
Slices of watermelon

For the crepes
1 egg
2 tbsp of carob flour
8 tbsp of all-purpose flour
3 dl milk
Pinch of salt
Butter or vegetable oil for greasing the pan

Method:
Start by preparing the crepes. Beat the egg with the milk, both flours and a pinch of salt. Keep in the fridge for 30 minutes to 1 hour.

Heat a frying pan about 22 cm over medium heat. Grease with a little butter or vegetable oil. Pour a small laddle of batter in the center of the pan and turn to spread. Let cook for 2-3 minutes. Flip the pancake with the help of a spatula and cook for another minute. Remove to a plate and repeat with the remaining batter, greasing the pan when necessary (usually I do it every 2 crepes).

Distribute the slices of ham by the crepes and top with arugula leaves. Fold the crepe in half and then in half again to form triangles.

Serve accompanied by slices of watermelon and cured goat cheese seasoned with olive oil and oregano or herbs of Provence.

Comments

  1. Esses crepes são uma proposta interessante!

    ReplyDelete
  2. Uau! Que grande dica!

    Moderna, sofisticada e muito arrojada! Gostei imenso da combinação :P Muitos Parabéns!!!

    http://deaprendizachef.blogspot.pt/

    ReplyDelete

Post a Comment