Risotto de espargos e limão com vieiras caramelizadas . Asparagus and lemon risotto with pan seared scallops

Risotto de espargos e limão com vieiras caramelizadas (Asparagus and lemon risotto with pan seared scallops)

Na história "Alice no País das Maravilhas", a determinada altura Alice chega a uma bifurcação no caminho. Nesse local, em cima duma árvore, está o gato de Cheshire. Alice está indecisa quanto ao caminho que deve escolher e pede ajuda ao gato. Este pergunta-lhe para onde é que ela quer ir. Alice responde que não sabe, ao que o gato replica que, nesse caso, é indiferente qual o caminho que escolhe. Eu gosto desta pequena história e lembro-me dela muitas vezes. Não viver a arrastar o pó do passado, sobre o qual não podemos fazer nada, nem suspensos na miragem do futuro, que é incerto. Viver no presente, que é o único momento sobre o qual temos influência, mas ter um rumo, um objetivo geral, que ajude nos momentos em que somos confrontados com uma bifurcação e temos que escolher um caminho. 

O calendário afirma que chegámos à Primavera e, como tal, esta é uma receita primaveril. As vieiras combinam muito bem com os espargos e com a frescura e aroma do limão, mas este risotto pode ser uma refeição por si só. Para um prato totalmente vegetariano, excluam as vieiras e substituam o caldo de galinha por caldo de legumes.

Bom apetite e fico à espera dos vossos comentários.

Risotto de espargos e limão com vieiras caramelizadas (Asparagus and lemon risotto with pan seared scallops)

In "Alice in Wonderland" story, at a given moment Alice comes to a fork in the road. There, on top of a tree, is the Cheshire Cat. Alice is undecided as to which path to choose and asks the cat for help. He asks her where she wants to go. Alice replies that she doesn’t know, to which the cat responds that, in that case, it doesn’t matter which way she chooses. I like this little story and I remember it often. Not live pulling the dust of the past that we can’t change, nor suspended in the mirage of the future that is uncertain. To live in the present, which is the only moment we can influence, but to have a direction, a general goal, to help at times when we are faced with a fork and need to choose a path.

The calendar says we reached spring and, as such, this is a spring recipe. The scallops combine well with the asparagus and the lemon freshness and fragrance, but the risotto can be a meal in itself. For a totally vegetarian dish, exclude the scallops and replace the chicken stock for a vegetable broth.

Good appetite and I’ll be waiting for your comments.

Risotto de espargos e limão com vieiras caramelizadas (Asparagus and lemon risotto with pan seared scallops)
Risotto de espargos e limão com vieiras caramelizadas (Asparagus and lemon risotto with pan seared scallops)
Risotto de espargos e limão com vieiras caramelizadas (Asparagus and lemon risotto with pan seared scallops)
Risotto de espargos e limão com vieiras caramelizadas (Asparagus and lemon risotto with pan seared scallops)
Risotto de espargos e limão com vieiras caramelizadas
Serve 2

Ingredientes:
1 chávena de arroz arbório ou carnaroli
1,5 l caldo de galinha, quente
1 cebola pequena, picada finamente
1 dente de alho, picado finamente
1 dl vinho branco seco
6-8 espargos verdes
Sumo e raspa de 1 limão pequeno
75g de queijo parmesão, ralado
250g miolo de vieira
3 colheres de sopa de azeite
Sal e pimenta a gosto

Preparação:
Dobrar cada espargo para partir a parte inferior, mais lenhosa. Cortar os espargos em rodelas finas, deixando a ponta superior inteira, e reservar.

Num tacho, refogar a cebola e o alho em duas colheres de sopa de azeite, sem deixar alourar. Quando a cebola estiver translúcida, juntar o arroz, envolver bem e fritar sem deixar ganhar cor. Refrescar com o vinho branco.

Quando o vinho evaporar, juntar uma concha de caldo e mexer até que o arroz absorva o líquido. Continuar a adicionar caldo, uma concha de cada vez, até que o arroz esteja cozinhado (al dente). Se o caldo terminar antes do arroz estar pronto, adicionar água fervente.

Com a última concha de caldo juntar também os espargos, a raspa e o sumo do limão. Retificar o sal e temperar com pimenta moída na hora.

Retirar do lume e adicionar o queijo parmesão ralado. Envolver bem, tapar e deixar repousar durante 2 minutos.

Perto do final da cozedura do arroz, preparar as vieiras. Secar bem com papel de cozinha e temperar com sal e pimenta. Saltear numa colher de sopa de azeite, sobre lume médio-alto, durante 2 minutos, sem mexer. Virar e deixar cozinhar mais 2 minutos do outro lado.

Servir de imediato com o risotto.



Asparagus and lemon risotto with pan seared scallops
Serves 2

Ingredients:
1 cup arborio or carnaroli rice
1,5 chicken broth, hot
1 small onion, finely chopped
1 garlic clove, finely chopped
1 dl dry white wine
6-8 asparagus spears
Juice and zest of one small lemon
75g parmesan cheese, grated
250g scallops
3 tbsp olive oil
Salt and pepper to taste

Method:
Bend each asparagus spear to break the lower, woody, end. Cut each spear into thin slices, leaving the top end intact, and set aside.

In a pan sauté the onion and garlic with two table spoons of olive oil, without browning. When the onion is translucent add the rice, mix well and fry over low heat until the grains become opaque. Add the white wine.

When the wine evaporates add a ladle of broth and stir until the rice absorbs the liquid. Continue adding one ladle of broth until the rice is cooked (al dente). If the broth ends before the rice is ready add some boiling water.

With the last ladle of broth add also the asparagus and the lemon juice and zest. Rectify the salt and season with freshly grounded pepper.

Remove from the heat and add the grated parmesan cheese. Combine well, cover and let it stand for 2 minutes.

When the risotto is almost done, prepare the scallops. Dry them with kitchen paper and season with salt and pepper. Sauté the scallops with a table spoon of olive oil, over medium-high heat, for 2 minutes, undisturbed. Turn and cook for 2 minutes more.

Serve immediately with the risotto.

Comments

  1. Hum...que aspeto reconfortante e apelativo.
    Gostei muito! Vou provavelmente experimentar fazer.

    http://deaprendizachef.blogspot.pt/

    ReplyDelete

Post a Comment