Bolachas de gengibre / Ginger cookies


Chegámos a Dezembro. Parece que está na altura de começar a pensar no Natal. Confesso que esta é uma época do ano que me deixa dividida. Por um lado, adoro ter a família toda reunida. São quatro gerações juntas em torno de uma mesa que consegue sempre "esticar" para caber mais um. Gosto de fazer a árvore de Natal e gosto das luzes festivas nas ruas. Gosto de desafinar ao som de Rudolph, The Red Nosed Reindeer enquanto preparo a Consoada. Gosto de sentir que existe ainda na maioria das pessoas um sentimento de solidariedade social. Gosto muito de oferecer. Mas, por outro lado, não gosto de centros comerciais e de ouvir o Last Christmas dos Wham! vezes sem conta. Não gosto de constatar que continua a existir tanta desigualdade entre as pessoas. Não gosto de comprar qualquer coisa só porque tem que ser. Não gosto das filas de trânsito e de prendas embrulhadas à pressa nos sacos das lojas.

Apesar de tudo, o Natal continua a fazer-me feliz. Tal como me faz feliz ir para a cozinha preparar o jantar da Consoada ou fazer aquelas receitas que só se fazem nesta altura e que são, por isso, tão especiais (senhores comerciantes, bolo-rei e azevias à venda em setembro não, por favor). Dos nossos doces gosto de sonhos, de azevias de grão e de rabanadas. De outras latitudes acolho com muito gosto o vinho quente e as bolachinhas de gengibre. Estas são muito fáceis de fazer em casa e o aroma que deixam na cozinha é mágico. Acreditem, é o Natal numa bolacha. 

Estas bolachinhas vão direitinhas para os cozinheiros do grupo do Facebook Dia Um... Na Cozinha. Espero que gostem. 



We have reached December. Looks like it's time to start thinking about Christmas. I confess that I have mixed feelings about this time of year. On the one hand, I love having the whole family together. Four generations sitting around a table that can always "stretch" to acommodate one more. I like making the Christmas tree and I like the festive lights in the streets. I like to sing (lets call it like this) Rudolph, The Red Nosed Reindeer while preparing the Christmas Eve dinner. I like to feel that in most people there is still a sense of social solidarity. I love to offer. But on the other hand, I do not like shopping centers and listening to Wham!'s Last Christmas over and over again. I do not like to see that there is still so much inequality among people. I do not like to buy anything just because it has to be. I do not like the traffic jams and gifts wrapped in a hurry in shopping bags.

Despite all this, Christmas continues to make me happy. As it makes me happy to go to the kitchen to prepare Christmas Eve dinner or make those recipes that are only made this time of year and are therefore so special. From the Portuguese tradition I like "sonhos", chickpea pastries and "rabanadas" (similar to French toast). From other latitudes I very much like the mulled wine and gingerbread cookies. These are very easy to make at home and the aroma they leave in the kitchen is magical. Believe me, it is Christmas in a cookie.




   

Bolachas de gengibre
Faz 4 dúzias

1 chávena de açúcar mascavado
180g manteiga amolecida
¼ chávena de mel-de-cana
1 ovo
2 chávenas de farinha de trigo
1 colher de sopa de gengibre em pó
2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de canela em pó
¼ colher de chá de cravinho em pó
¼ colher de chá de sal
Açúcar branco para revestir as bolachas 

Pré-aquecer o forno a 180º. 

Numa tigela grande, misturar o açúcar mascavado e a manteiga com a batedeira eléctrica em velocidade média, até ficar uma mistura macia e fofa. Adicionar o mel-de-cana e o ovo e misturar bem. Acrescentar os restantes ingredientes, excepto o açúcar branco, mexendo até que fiquem bem misturados. A massa fica um pouco pegajosa.

Colocar o açúcar branco numa tigela pequena. Tirar pequenas porções de massa, moldar pequenas bolas e passar pelo açúcar. Colocar as bolas num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal, separadas umas das outras a cerca de 5 cm de distância.

Levar ao forno por 6-8 minutos ou até que estejam douradas. As bolachas vão parecer moles ao toque, irão endurecer um pouco mais quando estiverem frias. Retirar do forno e transferir para uma grelha.



Ginger cookies
Makes 4 dozen

1 cup brown sugar
180g butter, softened
¼ cup sugar cane syrup
1 egg
2 cups all-purpose flour
1 tbsp ground ginger
2 tsp baking soda
1 tsp ground cinnamon
¼ tsp ground cloves
¼ tsp salt
Caster sugar to coat the cookies

Preheat the oven to 180º. 

In large bowl, mix the brown sugar and the butter with the electric mixer on medium speed, until soft and fluffy. Add the sugar cane syrup and egg and mix well. Stir in the remaining ingredients, except for the caster sugar, until well blended. The dough will be a little sticky.

Place the caster sugar in a small bowl. Take small portions of the dough and shape them into little balls; roll in sugar. Place the balls in a baking tray lined with parchment paper, keep them approximately 5 cm apart.

Bake for 6-8 minutes or until golden brown. The cookies will feel soft to the touch, they will harden a little more once cold. Remove from the oven and transfer to a cooling rack.




Comments

  1. Olá :)....
    Aspecto delicioso e apetitoso ! Adorei!
    Beijocas

    http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Leonor! Obrigada pela visita e pelo comentário :)

      Delete
  2. Não só gostei como adorei, Paula ! :)
    Até porque adoro gengibre, é uma das minhas especiarias favoritas e tudo o que o contém é música para mim ! :)
    Estão lindas, perfeitas e rústicas tal como adoro ! :)
    Quanto ao Natal, também sinto essa dualidade, até porque perdi alguém muito importante nesta época e acaba por ser um pouco triste.
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Isabel! Obrigada pela visita :)
      Acho que não há outra época no ano que nos deixe assim tão divididos entre a melancolia e a alegria. Mas, apesar disso, ainda consigo encontrar alguma magia no Natal :)
      Beijinhos

      Delete
  3. Paula,
    As tuas bolachinhas são lindas e na sua simplicidade rústica encerram sabores perfeitos e que nos reconfortam.
    Que bem que entendo o teu texto....
    Bjns
    Isabel

    ReplyDelete
  4. Olá Paula!
    Também partilho desse teu sentimento com o Natal. É um misto de emoções de gosto/não gosto que me leva a querer que esta fase passe rápido. Claro que adoro toda a parte da cozinha, os doces de Natal, o partilhar presentes homemade, mas depois a parte do consumismo não é mesmo para mim.
    Adorei as tuas bolachinhas. Têm uma cor dourada linda, linda. Apetece roubar umas quantas. ;)
    Beijinhos.

    ReplyDelete
  5. Lindas , saquinhos sao maravilhosos =) bjs

    ReplyDelete
  6. Que bolachinhas perfeitas e apetitosas!

    P.S.: Tenho passatempos no blog. ;)



    ______________________
    Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

    feedly - bloglovin' - Facebook


    ReplyDelete

Post a Comment