Chamuças de borrego no forno com molho tzatziki . Baked lamb samosas with tzatziki sauce

Chamuças de borrego no forno com molho tzatziki . Baked lamb samosas with tzatziki sauce

Faz precisamente hoje um ano que publiquei a primeira receita neste blogue. Este é um projecto que nasceu sem grandes pretensões. Quem me conhece de perto sabe que ando sempre a inventar coisas para fazer e foi por não conseguir estar parada muito tempo que, numa tarde de domingo, resolvi ir para a cozinha fazer uma boleima de Portalegre, tirar-lhe umas fotografias (muito amadoras) e sentar-me ao computador para criar (mais) um blogue de culinária. No fim do mês de outubro tinha publicado doze receitas e tinha recebido quase 700 visitas. Agora pode não parecer muito mas, na altura, deixou-me perplexa pois, honestamente, não estava sequer à espera que meia dúzia de pessoas dessem pelo blogue. A surpresa continuou à medida que o número de visitantes aumentou, as publicações começaram a ser comentadas e a página do Facebook começou a receber “gostos”. Hoje, oitenta receitas depois, continuo ainda surpreendida e profundamente agradecida por todo o interesse e carinho que têm demonstrado.

Este continua a ser o mesmo espaço sem pretensões mas tornou-se um vício, parece que estou sempre a pensar em comida :). Sobretudo tem sido um grande motivo de desenvolvimento pessoal. Há um investimento que se traduz em horas de pesquisa, não só sobre receitas e ingredientes, mas também sobre escrita e fotografia. Tornou-me, inclusive, uma pessoa mais atenta ao que me rodeia, esteja, ou não, relacionado com a gastronomia, pois, muitas vezes, a inspiração chega-nos através das pessoas que nos rodeiam e dos locais que visitamos. Se, ao início, fotografava e publicava muito do que saía naturalmente da minha cozinha, agora publico menos e programo a minha cozinha em função do que quero partilhar no blogue.

No fim, tudo isto vale a pena porque há alguém aí desse lado que parece gostar do que partilho. Por isso, são vocês que merecem, de facto, uma prenda; e para celebrar este primeiro aniversário do blogue, conto com a colaboração da Depositário, uma marca Portuguesa que prima pela simplicidade e pelo bom gosto, apostando nos artesãos e nas pequenas indústrias nacionais. Com este giveaway podem ganhar um prato idêntico ao que aparece nestas fotografias e que eu posso testemunhar que é absolutamente maravilhoso. Para conhecerem mais sobre esta marca e sobre os seus produtos aconselho-vos a visitarem o site www.depositario.pt.

Então, para se habilitarem a ganhar este lindo prato de servir em madeira de pinho com 28 cm de diâmetro, devem fazer o seguinte:

1. Gostar da página do blogue no Facebook

2. Gostar da página Depositário no Facebook

3. Comentar o post do Facebook relativo a este passatempo, indicando que querem participar no passatempo

4. Partilhar o post do Facebook relativo a este passatempo no vosso mural em modo público (para que eu consiga ver as partilhas)

Boa sorte a todos!

Chamuças de borrego no forno com molho tzatziki . Baked lamb samosas with tzatziki sauce
Chamuças de borrego no forno com molho tzatziki . Baked lamb samosas with tzatziki sauce
Chamuças de borrego no forno com molho tzatziki . Baked lamb samosas with tzatziki sauce

Chamuças de borrego no forno com molho tzatziki

Estas chamuças são uma excelente sugestão para um piquenique ou brunch.
Faz 14

Ingredientes:
200g de massa filo (7 folhas, que dividi ao meio)
350g de carne de borrego picada
1 cebola média, picada finamente
2 dentes de alho, picados finamente
1 colher de sopa de caril picante
1 colheres de chá de garam masala
Sal a gosto
1 colher de sopa de azeite
Manteiga derretida ou azeite para pincelar a massa

Para o molho:
1 pepino pequeno
180g iogurte grego
1 colher de sopa azeite
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
Sal e pimenta a gosto
1 colher de sopa de aneto ou de hortelã picados

Preparação:
1. Numa frigideira, aquecer uma colher de sopa de azeite e juntar a carne picada, a cebola e os dentes de alho. Temperar com sal e deixar cozinhar por uns minutos, até que a carne fique dourada por igual. Juntar o caril e o garam masala. Deixar cozinhar por mais uns minutos, mexendo para misturar bem as especiarias com a carne, até que não exista líquido na frigideira. Retirar do lume e deixar arrefecer antes de começar a fazer as chamuças.

2. Pré-aquecer o forno a 180ºC.

3. Estender uma folha de massa filo, o lado mais comprido virado para nós, e cortar ao meio. Reservar uma das metades e pincelar um pouco de manteiga derretida ou de azeite na outra e dobrar ao meio (fiquei com uma tira com aproximadamente 8 cm de largura).  Na ponta inferior, deixando uma margem, colocar uma colher do recheio de carne. Dobrar sucessivamente a massa em triângulo, até chegar ao fim da tira (ver foto exemplificativa no fim da publicação). Pincelar a ponta da massa com a manteiga ou azeite para colar. Continuar com a restante massa e recheio.

4. Dispor as chamuças num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal e pincelar com a manteiga ou azeite. Cozer no forno pré-aquecido durante 20 minutos, virando-as a meio para que dourem uniformemente.

5. Para fazer o molho, descascar o pepino e cortá-lo ao meio, no sentido do comprimento. Retirar as sementes com uma colher e picar, com cuidado para não transformar o pepino em puré, com um ralador ou na picadora. Com a ajuda de um passador de rede, escorrer o máximo de líquido possível. Temperar com um pouco de sal e deixar repousar durante, pelo menos, 10 minutos; voltando então a escorrer o líquido que se formou.

6. Juntar os restantes ingredientes e mexer bem. Guardar no frigorífico durante 2 horas, se possível, para que os sabores se misturem.

Nota: Nos supermercados asiáticos conseguem encontrar massa para chamuças pré-preparada. Optei por usar massa filo porque pretendia fazê-las no forno e não fritas. A massa filo fica muito estaladiça e adapta-se muito bem a esta preparação. As chamuças feitas no forno são, naturalmente, mais saudáveis. A massa filo seca muito rapidamente, pelo que devem manter as folhas que não estão a usar enroladas num pano de cozinha limpo e ligeiramente húmido.


Chamuças de borrego no forno com molho tzatziki . Baked lamb samosas with tzatziki sauce

Precisely one year ago I published this blog’s first recipe. This is a project that was born without great pretensions. Those who know me closely can testify that I’m always inventing things to do and because I cannot be quiet for too long, on a Sunday afternoon I decided to go to the kitchen to make a Portalegre’s boleima (a Portuguese regional and traditional pastry), take some (very amateur) pictures of it and sit at the computer to create one (more) cooking blog. At the end of October I had published twelve recipes and had received almost 700 visits. Now it may not look like much but, at the time, it left me bewildered because, honestly, I was not even expecting that a handful of people noticed this blog was out there. The surprise continued as the number of visitors increased, posts started to receive comments and the Facebook page got "likes". Today, eighty recipes later, I am still surprised and deeply grateful for all the interest and affection you have shown me.

This remains the same place without pretensions but it became an addiction, it seems I’m always thinking about food :). Above all it has been a major drive for personal development. There’s an investment translated into hours of research, not only about recipes and ingredients but also about writing and photography. I can even say it made me a more mindful person of what surrounds me, whether or not related to gastronomy, since many times inspiration comes through the people around me and the places I visit. If, at the beginning, I photographed and published much of what naturally came out of my kitchen, now I publish less and I program my kitchen in terms of what I want to share on the blog.

In the end, all this is worthwhile because there is someone, on that side, that seems to like what I share.

Baked lamb samosas with tzatziki sauce

These samosas are great for a picnic or brunch.
Makes 14

Ingredientes:
200g filo pastry (7 sheets, which I split in half)
350g minced lamb
1 medium onion, finely chopped
2 garlic cloves, finely chopped
1 tbsp spicy curry
1 tsp garam masala
Salt to taste
1 tbsp olive oil
Melted butter or olive oil for brushing the pastry

For the sauce:
1 small cucumber
180g Greek yoghurt
1 tbsp olive oil
1 tbsp white wine vinegar
Salt and pepper to taste
1 tbsp chopped dill or mint

Preparação:
1. In a skillet, heat a tablespoon of olive oil and add the minced meat, onion and garlic cloves. Season with salt and cook for a few minutes, until the meat is browned evenly. Add the curry and garam masala. Cook for a few more minutes, stirring to combine well the spices and meat, until there is no liquid in the pan. Remove from heat and allow to cool before starting to make the samosas.

2. Preheat oven to 180°C.

3. Lay a sheet of filo pastry, the longer side facing you, and cut in half. Reserve one of the halves and brush some melted butter or oil in the other and fold (I was left with a strip of approximately 8 cm wide). At the bottom edge, leaving a margin, put a spoonful of the meat filling. Successively fold the pastry into a triangle, until you reach the end of the strip (see illustrative photo at the end of the publication). Brush the edge of the pastry with butter or olive oil to paste. Continue with the remaining pastry and filling.

4. Arrange the samosas on a baking tray lined with parchment paper and brush them with butter or olive oil. Bake in preheated oven for 20 minutes, turning them halfway through to make them evenly browned.

5. To make the sauce, Peel the cucumber and cut it in half, lengthwise. Remove the seeds with a spoon and chop, being careful not to completely smash the cucumber, with a grater or grinder. Using a fine mesh sieve, drain as much liquid as possible. Season with a little salt and let stand for at least 10 minutes; then drain the liquid formed.

6. Add the remaining ingredients and stir well to combine. Keep in the refrigerator for 2 hours, if possible, for the flavors to blend.

Note: In Asian supermarkets you can find pre-prepared samosa pastry. I chose to use filo pastry because I wanted to bake them instead of deep fry. The filo pastry is very crispy and adapts very well to this preparation. The samosas made ​​in the oven are, of course, healthier. Filo pastry dries very quickly, so keep the sheets that you're not using rolled up in a clean, slightly damp kitchen towel.


Comments

  1. Paula,

    Muitos parabéns pelo aniversário do blogue, espero ler-te por muitos mais anos recheados pelas delicias a que já nos habituaste ! :)
    As tuas chamuças são prova disso, estão fantásticas e super apelativas ! :)
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada Isabel pelas palavras tão simpáticas :)

      Delete

Post a Comment