Empada de alheira e couve / Alheira and cabbage pot pie



Estamos no início de abril e ainda não se vislumbra o início do tempo mais quente e soalheiro. Olhamos para o céu e este continua carrancudo e a despejar litros de água. Não temos outro remédio a não ser continuar agarrados aos agasalhos do inverno, pôr as mãos nos bolsos para aquecer e desejar ansiosamente que a primavera possa acontecer de um dia para o outro.

We are at the beginning of April and there is no sign of warmer and sunny weather. We look to the sky above and it continues frowning and pouring liters of water. We have no other choice but to continue clinging to winter coats, keeping our hands in our pockets to warm up and wishing eagerly that spring may happen from one day to another. 






Empada de alheira e couve
Serve 2

Massa folhada (usei 2 embalagens de massa folhada fresca de compra para fazer a base e a tampa da empada, tendo sobrado ainda alguma massa)
1 alheira
250 g de couve coração, cortada em tiras finas
150 g alho francês, cortado em rodelas finas
0,5 lt de caldo de galinha
1 colher de sopa de azeite
Sal e pimenta preta a gosto
1 ovo batido para pincelar

Refogar o alho francês no azeite quente até ficar macio. Juntar o caldo de galinha e quando levantar fervura juntar a couve cortada. Temperar com sal e pimenta preta a gosto (atenção que o caldo de galinha já está temperado). Deixar cozer em lume médio, com o tacho destapado, durante 25 a 30 minutos, até que o caldo reduza e a couve esteja macia. Se necessário, coar algum excesso de líquido e juntar a alheira, sem pele e em pedaços. Misturar bem com a couve cozida e reservar.

Pré aquecer o forno a 200ºC.
Forrar uma forma com uma das bases de massa folhada (sem retirar o papel vegetal) e cortar o eventual excesso, deixando uma pequena margem. Colocar a mistura de couve e alheira por cima da massa. Cobrir com a segunda base de massa folhada e igualmente retirar algum excesso de massa. Unir as bordas da massa com as pontas dos dedos. Pincelar a superfície da tarte com o ovo batido.

Levar a cozer no forno pré aquecido durante 30 minutos, até a massa estar cozinhada e dourada.

Comer ainda quente ou à temperatura ambiente, acompanhada por arroz branco e uma salada verde.

***

Alheira and cabbage pot pie
Serves 2

Puff pastry (I used 2 packages of bought fresh puff pastry to make the base and lid of the pie, with some pastry leftovers)
1 alheira sausage
250 g green cabbage, cut thinly
150 g leek, cut into thin slices
0.5 lt chicken broth
1 tablespoon olive oil
Salt and black pepper to taste
1 whipped egg for brushing

In a pot heat the olive oil and sauté the leek until tender. Add the chicken broth and bring to a boil, then adding the cabbage. Season with salt and black pepper to taste (note that the chicken broth is already seasoned). Cook over medium heat with the pot uncovered, for 25 to 30 minutes, until the broth reduces and the cabbage is tender. If necessary, strain any excess liquid and add the alheira, with the skin off and cut into pieces. Combine with the cooked cabbage and reserve.

Preheat the oven to 200 º C.
Line a pie dish with one of the puff pastry sheets (keep the parchment paper) and cut off any excess, leaving a small margin. Pour the cabbage and alheira mixture over the dough. Cover with the second puff pastry sheet, also trimming some of the excess. Join the edges with your fingertips. Brush the surface of the pie with the beaten egg.

Bake in the preheated oven for 30 minutes, until the pastry is cooked and golden.

Eat still warm or at room temperature, accompanied with some white rice and a green salad.

Comments

  1. Que linda ficou e imagino que muito saborosa, com os ingredientes usados! Eu adoro estas refeições!
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu também gosto muito de empadas e de tartes. São refeições relativamente rápidas e simples de preparar e permitem-se a uma conjugação de ingredientes e sabores quase ilimitada.

      Delete
  2. Uma empada linda, simples e carregada de sabor. Adoro alheira, é um enchido que aprecio bastante e mais ainda neste tipo de pratos. ;)
    Beijinho.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu também gosto muito de alheira, Célio, especialmente as da Terra Fria transmontana. Esta empada fica muito saborosa e pode adaptar-se a outros legumes que se tenha em casa ou de que se goste mais, como espinafres ou grelos, por exemplo.

      Delete
  3. Olá Paula,

    Gosto de tudo o que sejam empadas, tartes, pastéis, enfim, toda a "familia" me agrada muito !
    Adorei esta combinação de sabores, deve ficar deliciosa porque linda ela ficou ! :)

    Beijinho

    ReplyDelete

Post a Comment