Bolo de curgete e nozes / Zucchini and walnut cake



Se a vida te der limões, faz limonada. Se te der curgetes, faz um bolo.

Dei por mim com algumas curgetes para gastar e logo me lembrei de um bolo que comi há cerca de dois anos, numa casa de turismo rural no Alentejo. Quando a dona da casa me falou num bolo feito com curgete achei estranho, mas depois de provar dissipou-se a dúvida, era mesmo bom! Infelizmente não fiquei com a receita, pelo que tive que ir procurar no Google por uma alternativa aceitável. Ao pesquisar, uma das primeiras entradas que me apareceu foi para um blogue de referência em Portugal e uma fonte de inspiração, Cinco Quartos de Laranja. Adaptei um pouco a receita à memória que tinha do bolo que provei no Alentejo e o resultado foi este. Um bolo delicioso, pouco doce e húmido, como eu gosto.


If life gives you lemons, make lemonade. If it gives you zucchini, make a cake.

I found myself with a few zucchinis to spend and I remembered a cake I ate about two years ago in a rural guesthouse in Alentejo. When the landlady told me about a cake made with zucchini I found it strange but after I tasted it all the doubts disappeared since it was really good! Unfortunately I did not get the recipe so this time I needed to go to Google to find a suitable replacement. When searching, one of the first entries that came to me was to a blog which is a reference in Portugal and a source of inspiration, Five Quarters of the Orange. I adapted the recipe a bit to fit the memory I have of the cake I ate in Alentejo and this was the result. A delicious, slightly sweet and moistly cake, the way I like.







Bolo de curgete e nozes

3 ovos
2 chávenas de açúcar
1/2 chávena de óleo
1 colher de chá de essência de baunilha
2 chávenas de curgete ralada com a pele
2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
2 chávenas de farinha com fermento
2 colheres de chá de erva-doce em grão
100 g de nozes picadas grosseiramente
Raspa de um limão
Açúcar em pó para polvilhar (opcional)

Pré-aquecer o forno a 180º C. Untar uma forma com manteiga e polvilhar com farinha.

Bater bem os ovos com o açúcar e, em seguida, juntar o óleo e a essência de baunilha. Mexer bem. Adicionar a curgete ralada, o bicarbonato de sódio, a erva-doce e a farinha e envolver bem para incorporar a farinha. Juntar as nozes picadas e a raspa de limão.

Colocar o preparado na forma e levar a cozer no forno pré-aquecido durante 50 minutos. Os fornos não são todos iguais, pelo que convém ir verificando a cozedura a partir dos 40 minutos.

Deixar arrefecer e desenformar. Polvilhar com açúcar em pó (opcional).

Para ralar a curgete pode usar-se a picadora. A curgete tem muita água e tem que se ter cuidado para não acabar numa pasta. Colocar poucos pedaços pequenos de curgete na picadora de cada vez e pulsar 3 a 4 vezes. Verificar se está picada e, se necessário, pulsar novamente e verificar. Repetir até estar com a dimensão desejada.

***

Zucchini and walnut cake

3 eggs
2 cups sugar
1/2 cup vegetable oil
1 tsp vanilla extract
2 cups grated zucchini with the peel on
2 tsp of baking soda
2 cups self raising flour
2 tsp fennel seeds
100 g walnuts coarsely chopped
Zest of one lemon
Powdered sugar (optional)

Preheat the oven to 180 º C. Grease a cake pan with butter and sprinkle with flour.

Combine well the eggs with the sugar and then add the oil and vanilla extract. Stir well. Add the grated zucchini, baking soda, fennel seeds and flour and combine well to incorporate the flour. Add the chopped nuts and lemon zest.

Pour the mixture into the cake pan and bake in the preheated oven for 50 minutes. The ovens are not all alike, so you should start checking after 40 minutes.

Let it cool and then take the cake off the pan. Sprinkle with powdered sugar (optional).

For grating the zucchini you can use a food chopper. The zucchini has a lot of water and you need to be careful not to end up with a paste. Place a few small pieces of zucchini in the food chopper at a time and pulse 3 to 4 times. Check if it is chopped and, if necessary, pulse again and check. Repeat until you get the right size.

Comments

  1. Que bolo mais apetitoso... Quem diria que a curgete daria um bolo tão lindo e húmido... deve ser óptimo!
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Fica muito bom. Parece estranho mas, se pensarmos bem, existem bolos e doces feitos com feijão, por exemplo, e são ótimos. A curgete tem um sabor neutro e ajuda sobretudo a dar consistência e humidade ao bolo. Experimenta!

      Delete
  2. Esse interior dá vontade mesmo!!! Que aspecto delicioso :)
    beijinhos

    ReplyDelete
  3. Adoro bolos com curgete, ficam com uma textura bem fofa. Já experimentei e ficam sempre deliciosos. Esse interior ficou bem lindo e mesmo a pedir uma fatia. ;)
    Beijinho.

    ReplyDelete

Post a Comment